Aproveite uma condição exclusiva: 30% OFF em todos os cursos

Carreira vertical e horizontal: o que é e qual diferença?

É normal que, depois de um certo tempo, um profissional queira crescer em sua carreira. Dessa forma, é também um papel da empresa estimular esse desenvolvimento.

 

Para isso, é preciso entender que ter um plano de carreira bem estruturado é fundamental. Nesse sentido, as empresas que não incentivam esse crescimento, acabam com um alto índice de rotatividade entre os funcionários. Para evitar que isso aconteça, existem duas formas que podem contribuir para o desenvolvimento de um funcionário: a carreira horizontal e a vertical.

 

Pensando nisso, separamos as principais diferenças entre os dois modelos de promoções para você entender melhor o conceito por trás deles e compreender qual se encaixa melhor no seu perfil. Continue a leitura do blog e saiba mais.

 

Leia também: Carreira em Y: por que as empresas estão implementando?

O que é carreira vertical?

Mais conhecida no mercado de trabalho, a carreira vertical é quando um profissional permanece em sua área e foca no crescimento dentro dela. Ou seja, ele será promovido para um cargo diretamente superior ao que ele está.

 

Para ficar mais claro, esse tipo de promoção é conhecida como “escada”. E o que significa na prática? Imagine assim: um colaborador que gosta do que faz e entrou em uma empresa como auxiliar, dentro do plano de carreira vertical, ele será promovido de cargo a cargo, até que, por fim, ele chegue no topo da sua carreira.

 

Dentre as vantagens ao aplicar a carreira vertical no seu plano, estão:

 

  • Ao promover um profissional que já faz parte do quadro de funcionários, além de ser mais econômico para a instituição, gera mais engajamento e motivação aos colaboradores;

  • Retém talentos, pois irá mostrar que existe um plano de desenvolvimento do quadro de funcionários, fazendo com que fidelize os profissionais;

  • Processo seletivo mais rápido e eficiente, pois os gestores já conhecem as competências e qualidades dos funcionários;

  • Melhora o relacionamento entre empresa e funcionário.

 

Você pode se interessar por este artigo: Plano de desenvolvimento pessoal: descubra como montar o seu.

O que é carreira horizontal?

Diferente da vertical, a horizontal prioriza o aumento salarial. Esse acréscimo acontece como forma de “merecimento”, o profissional não muda o nível hierárquico. Ou seja, é quando o colaborador se destaca dos demais colegas da sua equipe e ganha um reajuste na sua remuneração.

 

Por outro lado, existem casos em que o profissional pode ser transferido para outra área, mas sem subir de cargo. Essa é uma alternativa para empresas que não possuem espaço para promoção e querem manter a equipe motivada e engajada para continuarem se desenvolvendo dentro do time ou instituição.

 

Confira alguns benefícios da carreira horizontal:

 

  • Desenvolve talentos na equipe, dando oportunidade para o colaborador crescer profissionalmente ao ter que lidar com novos desafios;

  • O aumento salarial por mérito gera motivação e aumenta a produtividade do profissional, além de proporcionar maior satisfação e realização pessoal;

  • Aumenta a performance do funcionário, gerando melhores resultados para empresa;

  • Ao mudar de área, o funcionário tem a possibilidade de conhecer e desenvolver novas habilidades.

Invista em novas competências e avance na sua carreira

Personalize sua evolução com Pós e MBAs que cabem no seu bolso.

 

Na Pós Personalizada UNINASSAU Digital, você monta o seu curso de acordo com as suas necessidades, investindo a partir de R$ 2,40 por dia. Além disso, pode concluir a sua especialização em até 6 meses.

 

Prepare-se para dar um up na carreira com um dos maiores grupos educacionais do Brasil. Matricule-se.