Aproveite uma condição exclusiva: 30% OFF em todos os cursos

Gestão Humanizada: a estratégia para engajar e reter profissionais

Gerenciar pessoas não é uma tarefa fácil, mas que está presente no cotidiano de qualquer negócio. Para as empresas, encontrar o equilíbrio certo entre a busca por resultados e a qualidade no ambiente de trabalho é fundamental para alcançar bons resultados. 

 

Diante desse cenário, as organizações têm cada vez mais apostado na gestão humanizada, uma ótima estratégia para transformar o clima organizacional das empresas, aumentando o engajamento de colaboradores, retendo talentos e melhorando a produtividade.

 

Você já ouviu falar desse conceito? Quer saber como aplicá-lo e de que forma ele pode beneficiar o seu negócio? Então, continue a leitura.

O que é gestão humanizada? 

 

A gestão humanizada é uma abordagem administrativa que prioriza o bem-estar dos colaboradores e os valores humanos na hora de planejar e executar ações em uma empresa. 

 

O modelo propõe que se trabalhe para alcançar os resultados, mas sem sacrificar a satisfação dos profissionais. Por meio da escuta ativa e de adaptações, a empresa passa a proporcionar um ambiente acolhedor, com maior flexibilidade e suporte emocional.

 

No dia a dia, manter uma gestão humanizada significa criar uma liderança capaz de atender às necessidades específicas de cada colaborador, considerando suas particularidades, desejos, dificuldades e expectativas, além de oferecer todo o suporte necessário.

 

A abordagem aproxima os líderes dos colaboradores, criando laços de confiança e companheirismo na equipe para crescer com sustentabilidade, desenvolvendo qualidades como a valorização da diversidade, a empatia e o respeito.

Quais são os pilares da gestão humanizada?

 

O conceito de gestão humanizada é baseado em 4 pilares básicos de sustentação. Veja à seguir quais são eles:

 

1. Observação das necessidades

 

O primeiro passo para entender se as ações da organização estão de acordo com as necessidades reais dos colaboradores e da própria empresa é observar. É uma espécie de análise de todas as partes envolvidas, onde o objetivo é entender as metas e os desejos, tanto dos profissionais quanto da organização. Compreender essas demandas e subjetividades auxiliam na construção de um caminho com maiores oportunidades para que essas aspirações sejam realizadas. 

 

2. Comunicação entre líderes e liderados

 

Uma boa comunicação é a chave para conquistar uma gestão humanizada. Manter os canais de comunicação efetivos e engajados é fundamental para compreender as demandas de maneira geral. No dia a dia, isso significa praticar a escuta ativa e empática, e propor soluções que contribuam para um ambiente de trabalho mais saudável. 

 

3. Integração dos colaboradores

 

A comunicação precisa fluir bem entre todos os profissionais da empresa para que assim as equipes trabalhem mais integradas e cientes sobre as necessidades de cada profissional. Dessa forma é possível alcançar maior engajamento e foco nos objetivos gerando melhores resultados para a organização. 

 

4. Adaptação às necessidades constatadas

 

Por fim, não basta apenas observar e comunicar as necessidades. É preciso que haja uma iniciativa de mudança por parte das lideranças. E o último pilar da gestão humanizada fala justamente sobre a necessidade de adaptar métodos e processos para as necessidades identificadas na empresa. Esse esforço por parte da organização é o que irá garantir uma gestão humanizada. 

Como a gestão humanizada funciona na prática? 

Na prática é preciso realizar uma mudança cultural e é fundamental que a organização ofereça suporte aos líderes e aos liderados durante essa transição na dinâmica de trabalho.

 

Trabalhar de maneira humanizada significa reunir esforços para construir um ambiente de trabalho justo, agradável e estimulante para os colaboradores. 

 

Sendo assim, as empresas precisam adaptar modelos existentes à nova realidade e não forçar antigos que já não se aplicam ou não funcionam mais. 

 

Esse novo modelo de gestão se fundamenta na equidade para orientar as ações. Portanto, as lideranças precisam olhar e considerar as necessidades dos profissionais verdadeiramente para, assim, construir uma relação com maior flexibilidade e respeito.

 

Colaboradores que têm maior suporte emocional das suas lideranças tendem a trabalhar cada vez melhor.

Quais os benefícios da gestão humanizada? 

Adotar uma gestão humanizada proporciona diversos benefícios tanto para a empresa quanto para os colaboradores.

 

Confira algumas das principais vantagens de colocar esse modelo em prática: 

 

  • Melhora a experiência do colaborador, gerando mais satisfação profissional;
  • Aumenta a produtividade das equipes;
  • Estabelece um clima organizacional mais agradável, à medida que atende as necessidades do time;
  • Reduz as taxas de turnover e consequentemente de custo financeiro e produtividade;
  • Permite recrutamentos mais certeiros, empáticos e humanizados.

Como aplicar a gestão humanizada? 

Colocar em prática algumas ações simples já contribui para uma gestão mais humanizada. Confira algumas dicas que separamos para você aplicar esse modelo sem grandes dificuldades na sua empresa: 

 

Política de incentivos e benefícios

Bons profissionais precisam de incentivos para dar o melhor em suas funções. Portanto, a empresa precisa ter uma política de benefícios suficiente para que seus colaboradores se sintam motivados a entregar bons resultados. Isso inclui remuneração compatível com as habilidades do profissional e com o mercado de trabalho. 

 

Divisão justa das demandas

Outra forma de garantir uma gestão humanizada é gerenciar de forma eficiente a divisão de tarefas para que nenhum profissional fique sobrecarregado e insatisfeito. É claro que dependendo da hierarquia do cargo existem mais responsabilidades, entretanto, ainda assim, é preciso estar atento para que ninguém se sinta com sobrecarga de demandas em comparação aos colegas de mesmo nível.

 

Cultura de feedback

Como falamos anteriormente, a comunicação entre líderes e liderados é um dos pilares da gestão humanizada. Na prática, isso se apresenta com a criação de uma cultura de feedbacks, isto é, líderes e liderados precisam se sentir à vontade para trocar percepções, expor suas opiniões e considerar avaliações sobre o seu desempenho.

 

Engajamento das equipes

Incentivar a integração das equipes, um dos pilares da gestão humanizada, é fundamental para que as equipes construam relações de qualidade. Dessa forma, esses colaboradores permanecem alinhados para atingir um mesmo objetivo. Talvez seja necessário desenvolver dinâmicas de grupo ou outras ações que ajudem a criar essa conexão de maneira mais descontraída. 

 

Treinamento das lideranças

Capacitar as lideranças para que elas compreendam os processos de mudança é essencial para garantir uma gestão humanizada em uma organização. É preciso treinar esses profissionais sobre o conceito, seus pilares e as vantagens de usar o modelo. 

Desenvolva novas habilidades

Invista em um ensino 100% online e personalizado em uma das maiores universidades brasileiras. 

 

Na Pós Personalizada da UNINASSAU Digital você monta o curso ideal para o seu momento profissional ou escolhe uma de nossas opções. E o melhor: investindo pouco.

 

Aproveite algumas facilidades: Pós e MBAs com parcelas a partir de R$ 89,90 durante todo o curso. E você ainda pode pagar em 12x e garantir até 20% de desconto nessa condição.

 

Não perca mais tempo: Matricule-se agora e descubra o modelo de ensino que vem conquistando o Brasil. 

 

Acesse o nosso site e conheça nossos cursos.