ou até finalizarem as vagas

 

HORAS

:

MINUTOS

:

SEGUNDOS

APROVEITE: ÚLTIMAS HORAS COM 60% DE DESCONTO. APROVEITE: ÚLTIMAS HORAS COM 60% DE DESCONTO.

Profissional T-shaped: o que é e sua importância no futuro do trabalho

Nos últimos anos, a transformação digital vem impulsionando o desenvolvimento de competências por profissionais que desejam manter sua relevância no mercado de trabalho. Do domínio de novas tecnologias até o aperfeiçoamento de habilidades socioemocionais, a nova ordem do trabalho valoriza perfis com conhecimentos interdisciplinares. É nesse contexto que ganham destaque os profissionais T-shaped.

 

Ao aliar conhecimentos generalistas e também específicos, além de apresentar capacidade empática e relacional, colaboradores com esse perfil podem levar às corporações uma nova forma de pensar. Continue a leitura para entender mais sobre esse estilo profissional e sua contribuição no mundo corporativo.

 

Afinal, o que é um profissional T-shaped?

 

Pode-se dizer que um profissional T-shaped é aquele que possui habilidades tanto generalistas, quanto especialistas. Há indícios de que o termo surgiu na década de 1980, e foi popularizado por Tim Brown, CEO da IDEO Design Consultancy.

 

De acordo com o conceito, a barra vertical na letra T simboliza a profundidade de suas habilidades e conhecimentos em uma determinada área. Já a barra horizontal representa a capacidade de conectar diferentes disciplinas e colaborar com especialistas em outras áreas, exercitando e aplicando conhecimento além de sua especialidade.

 

Dessa forma, pessoas com perfil T-shaped conseguem se destacar em suas responsabilidades principais e, também, ao executar outras tarefas. Esse potencial é atribuído não apenas a competências técnicas (hard skills), mas, principalmente, às habilidades comportamentais (soft skills), como comunicação, inteligência emocional e criatividade.

 

A aptidão para contribuir, negociar e resolver problemas, entre outras questões, os torna profissionais de alto desempenho, que podem aumentar a produtividade e impulsionar resultados em uma organização.

 

Como esse perfil impacta o futuro do trabalho?

 

Com a rápida evolução do mercado de trabalho, cada vez mais, as organizações buscam por profissionais capazes de se adaptar a diferentes situações e encontrar soluções para problemas de forma criativa e eficiente. Nesse contexto, a capacidade de integrar conhecimentos de áreas distintas para encontrar soluções inovadoras faz com que os profissionais T-shaped sejam altamente valorizados.

 

Uma tendência no universo do empreendedorismo e da inovação é a implementação de equipes enxutas, colaborativas e focadas em resultados. É o caso do modelo de organização de equipes em squads, disseminado pela gigante Spotify e, atualmente, utilizado por empresas de todos os portes. Dentro dessa estrutura, muitas tarefas da rotina de trabalham não exigem um profissional especialista. São demandas que podem ser realizadas por integrantes com perfil em forma de T.

 

Como suas habilidades e experiência não estão limitadas a um único nicho, esses profissionais podem contribuir para projetos em diversas áreas de uma organização. Este tipo de trabalho multifuncional incentiva a estratégia da formação cruzada. Apostando nesse método, líderes podem fazer mais com o mesmo número de pessoas.

 

Ou seja, investindo em colaboradores com perfil T-shaped, as empresas fortalecem a colaboração e a comunicação entre os funcionários e equipes, bem como favorecem o compartilhamento de informações - que deixam de ser restritas a departamentos ou 'silos organizacionais'. Esse movimento ajuda a aumentar a agilidade e a eficiência nas empresas.

 

Como se tornar um profissional T-shaped?

 

Desenvolver um perfil T-shaped requer equilíbrio entre aprofundar conhecimentos em um segmento específico e ampliar habilidades em outras áreas. Se você tem interesse em se tornar um, existem algumas estratégias que podem ajudá-lo. Confira:

 

  • Desenvolva soft skills: habilidades, como comunicação, trabalho em equipe, pensamento crítico e resolução de problemas são essenciais para um profissional T-shaped. Investir no desenvolvimento delas é fundamental para se destacar no mercado de trabalho.

  • Busque experiências diversas: procurar oportunidades de atuação em projetos ou atividades que permitam a aplicação de conhecimentos em diferentes áreas é uma forma eficaz de ampliar o perfil T-shaped. Isso pode incluir participação em projetos interdisciplinares, voluntariado ou, até mesmo, a busca por novas experiências profissionais.

  • Aprenda continuamente: estar aberto ao aprendizado constante é palavra de ordem. Tenha clareza sobre sua especialidade, mas busque cursos, workshops e outras formas de capacitação em áreas diversas a fim de ampliar o repertório de conhecimentos e habilidades.

    Que tal começar agora mesmo a jornada para se tornar um profissional requisitado no mercado de trabalho? Um curso de especialização é capaz de ampliar não só seus conhecimentos técnicos, como também potencializar suas habilidades sociocomportamentais.

 

A Pós Personalizada Uninassau entende que cada profissional é único e, por isso, nosso modelo de aprendizagem prioriza as suas escolhas. Além disso, proporciona formação ágil e conclusão a partir de 6 meses, sem TCC.

 

Monte seu curso e comece a desenvolver as skills que o mercado valoriza.